quarta-feira, agosto 29, 2007

Hoje coloco aqui essencialmente ÁRVORES e uma flor. É a minha homenagem simples mas sincera a todas as que até ao dia de hoje têm lutado contra a mão criminosa de certos homens, que as têm dizimado, queimado, maltratado , decepado. O que será do nosso Planeta sem elas? Será que esses criminosos pensaram ou pensam nisso??


UM LOUVOU A TODAS AS RESISTENTES



não sei o seu nome, mas é como se soubesse...

sobreiro magestoso, aqui no Ribatejo...

eucalipto carregadinho de ninhos de cegonha....


o mesmo eucalipto a que dei o nome de prédio com t2, t3, t4 para cegonhas...


troncos que servem de refúgio a este gatinho preto, que não fugiu de mim...


o pobrezinho era cego de um olho...


e esta era a árvore onde o fui descobrir, e a qual não sei o nome...


é um cedro ou um cipreste? O que importa é que está vivo e maravilhoso...


apesar de terrenos que não lhe são favoráveis, ela aí está, linda
nós por aqui a chamamos de malva do campo...


Araucária (araucaria heterophylla)
não sei que altura tem, mas a casa que está por detrás, tem dois andares
esta eu sei o nome , aprendi com o blog " a sombra verde"

Fiquem bem
Ana Paula


9 comentários:

Maria disse...

Ana Paula

Devias receber um prémio parecido com "blogue que defende a natueza"....
Bonitas fotos.

Beijinhos

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Ana,

Obrigado pela referência ao meu blogue.Às vezes a identificação das árvores não é assim tão simples, sobretudo através de fotografias.

Assim, lamento não poder ajudar-te muito mais...no entanto, em relação à árvore que não sabes se se trata de um cipreste ou de um cedro...bom, pelo menos em relação a essa, posso adiantar-te que me parece ser um cipreste, provavelmente o mais comum entre nós (Cupressus lusitanica);

Mas o que me chamou mesmo a atenção foi o sobreiro e o eucalipto. Ambos me parecem dignos de merecer ser classificados como árvores de interesse público.E será que não estão? Já verificaste nesta morada (http://www.dgrf.min-agricultura.pt/v4/dgf/aip_distrito.php) ??

Apesar de a Direcção-Geral dos Recursos Florestais poder não concordar, desafio-te a que os contactes para esta morada, caso estas árvores não estejam classificadas:

Direcção-Geral dos Recursos Florestais
Divisão de Protecção e Conservação Florestal
Avenida João Crisóstomo, 28
1069-040 Lisboa


Basta enviares num envelope algumas fotografias das árvores em questão, bem como a localização o mais aproximada possivel (por exemplo, ao km "X" da Estrada Nacional "Y"). Se as conseguisses identificar através do Google Earth seria ainda melhor pois poderias indicar as coordenadas exactas.


Força, segue o meu conselho, não há muitos sobreiros e eucaliptos como esses.

Leticia Gabian disse...

Ana,
Adoro árvores e troncos...Verde!
Deixo um beijo grande e até daqui a 15 dias.

Pitanga disse...

VERDE QUE TE QUERO VERDE!

beijos

amigona avó e a neta princesa disse...

SOBERBO!

bettips disse...

Tu és mesmo de RAIZ, Ana Paula! Sempre que aqui passo não resisto a ir atrás, à última vez que passei. Pareces uma colega de carteira! Trocando segredinhos... Tão fluída é a tua voz que se sente. Um grande abraço, forte como essas árvores que veneras (e nós!)

Jardineira aprendiz disse...

Lindas! É um consolo ver árvores tão grandes e bonitas, sem aquelas podas deformadoras tão em moda no nosso país. Pena que se estão a tornar exemplares cada vez mais raros.

Beijo

Paula Raposo disse...

Muito bonito!!

Teresa David disse...

Gosto muito de árvores. do vento que movimentam, do som das folhas. Estar deitada sob elas a ler um bom livro, ou de olhos fechados a respirar o ar que elas agitam.
A foto com o gato é adorável. Gosto particularmente dos troncos como muscúlos naturais do corpo da natureza.
Bjs
TD