quinta-feira, outubro 15, 2009

A HORA DO CAMALEÃO






Nome popular: camaleão comum
Nome científico: Chamaeleo chamaeleo
Ordem: Squamata
Subordem: Sáuria
Alimentação: Alimenta-se de insectos e outros pequenos invertebrados

O camaleão movimenta-se com extrema lentidão. Para apanhar a sua presa, utiliza a língua como se fosse um laço. Consegue, com a velocidade de um raio, estender a língua quase um metro. O insecto fica preso na ponta pegajosa da língua e é logo tragado. Só com fotografias de alta velocidade é que esse processo pode ser estudado em detalhe.
Existem cerca de oitenta espécies de camaleão, a maior parte delas na África, ao sul do Saara. Esses répteis costumam viver nas florestas e, aparentemente, passam a maior parte do tempo no mesmo lugar. O camaleão é famoso pela capacidade que tem de mudar de cor. Mas não se deve exagerar quanto a isso. O camaleão não é incolor: possui uma cor básica, que varia conforme o seu habitat. A cor pode ser modificada por influência de luz ou pelas sensações do próprio animal. Um camaleão com fome pode mudar de castanho para preto. Essa modificação é provocada pela actuação do sistema nervoso sobre as células de pigmento. Um camaleão não tolera a presença de outro no seu território, mesmo que seja fêmea. O hábito solitário só é abandonado na época de acasalamento.




P.S. "Para bom entendedor, meia palavra basta..."
( descrição aplicável a certos seres humanos)
foto tirada da net

3 comentários:

greentea disse...

camaleões há muitos por aí...

eu q o diga !

Vitor Lopes disse...

Eles andam ai

Patudos disse...

Ui, ui! Se andam, greentea e Vitor.
Agora é arregaçar as mangas e trabalhar muito para o bem estar de todos, sem excepção, pois todos somos seres humanos, embora algumas pessoas pensem o contrário.
Deixem as guerrilhas para trás e as rivalidades que não levam a lugar algum.
Fiquem bem
Ana Paula