segunda-feira, abril 09, 2007

Miradouro da Ericeira


Ericeira, onde o mar é mais azul...

Nas belas prais do sul, na doirada e fresca areia...

Ó mar salgado,
quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal
(Fernando Pessoa)


FOLHAS CAÍDAS


Pescador da barca bela,
onde vais pescar com ela
Que é tão bela,
Oh pescador?
Não vês que a última estrela,
no céu nublado se vela?
Colhe a vela
Oh pescador!
Deita o lanço com cautela,
que a sereia canta bela...
Mas cautela,
Oh pescador!

Não se enrede, a rede nela,
Que perdido é remo e vela,
Só de vê-la
Oh pescador.
Pescador da barca bela,
Inda é tempo, foge dela,
Foge dela
Oh pescador!
(poema de Almeida Garrett)



(fotos tiradas por mim em domingo de Páscoa)





11 comentários:

amigona disse...

E bem bonitas! Fizeste-me ter saudades...beijo...

o alquimista disse...

Maravilhoso sitio, não conheço, esplêndidas fotos...


Doce beijo

Paula Raposo disse...

Lindas as fotografias! Adoro a Ericeira, vou lá várias vezes. Beijos.

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Ana Paula...

Tu passou pelo SILÊNCIO, desejando saber alguma coisa sobre uma professoa que lecionou na Universidade daqui, de nome Helena Noronha. Poderei até ver se a encontro, mas antes de mais nada, poderás me dar mais pistas??? Só para teres uma idéia, temos aqui na ilha, mais ou menos umas vinte universidades... Ao menos sabes me dizer em qual delas essa pessoa lecionava e em que disciplina??? Ela é brasileira??? Enfim... Vou aguardar maiores informações.

Boa noite e de todo modo, obrigada por tua visita!!!


Cristina

Teresa David disse...

Ao contrário do que é costume este sítio conheço-o lindamente e guardo boas recordações de mtas e mtas idas para lá.
Espero que tudo esteja bem contigo envio bjs e comunico que tenho histórias novas no meu blog.
TD

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Obrigada Ana e vou tentar localizá-la para ti, sem te prometer que conseguirei encontrá-la, mas ao menos te asseguro que tentarei.

Obrigada por tuas visitas ao SILÊNCIO e apareça sempre que desejares. É sempre um prazer.

Beijo,
Cristina

Maria Clarinda disse...

Ericeira sempre linda!!!!

Era uma vez um Girassol disse...

Gostei de ver a Ericeira!
Lembro a saborosa açorda de lagosta...Hummmmmm....
Belas fotos, poemadas a preceito!
Beijinhos

Maria disse...

As fotos da Ericeira já são, em si mesmas, um poema...
A barca bela, é um poema maior...

Beijos

greentea disse...

a Ericeira é lindissima ...ia muito para lá quando miúda e gosto de ir at´+e e deambular por aquelas ruelas toscas e estreitas .
O mar é um sonho , as praias tb.

Boa escolha !

pitanga disse...

Nesta semana estive na praia de Espinho. Já sentia falta do mar.

beijos