domingo, janeiro 03, 2010




MELODIA DE INVERNO



Mañana de invierno.

Silencio. Neblina.

La vega aplanada exhala luz divina.

Mudos los jardines bellos.

Cielo azul. Fuentes heladas.

Mustias rosas escarchadas.

Blancos e turbios destellos.

Una madre andrajosa cruza el jardín.

Tiene el sol un crescendo.

Suaves nubes infinitan el confínsu finito esparciendo.

La madre suspira…El niño se mueve inquieto

Dibujando a través de los paños

La forma de su esqueleto.

Dolorosa dulzura en el ambiente.

Soleada tibieza.

Cielo azul.

Mustias rosas.

Tranquila grandeza.

Mañana de invierno

Cargada de pereza.


(poesia de: Federico García Lorca)
foto minha

8 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Ana Paula, bela fotografia e melodia de inverno...Espectacular....
Um BOM ANO NOVO....
Beijos

Maria disse...

Excelente fotografia e belo poema de Lorca...
Obrigada!

Um beijo

O Profeta disse...

E tive um sonho!
Mil, um milhão, alguns cheios de firmeza
Tenho-os todos guardados num lugar secreto
Onde não mora a incerteza

Com eles planto canteiros
Faço de espantalho para afugentar descrença
Rego com gotas de emoção cada planta
Só deixo que tape o sol a tua presença

Uma caixa repleta de sonhos felizes para 2010


Um mágico beijo

Luisa Moreira disse...

Bela foto, com um belíssimo poema de Lorca.

abraço

Luisa

Méon, disse...

Que bonito, querida conterrânea!
E gosto mais, muito mais, do novo visual do seu blogue!

Beijinho, saúde, bom 2010!
Abraço conterrâneo!

poetaeusou . . . disse...

*
bela foto,
,
flutuei
na tua escolha,
lembrando:
,
A las cinco de la tarde.
Eran las cinco en punto de la tarde.
Un niño trajo la blanca sábana
a las cinco de la tarde.
Una espuerta de cal ya prevenida
a las cinco de la tarde.
Lo demás era muerte y sólo muerte
a las cinco de la tarde.
,
In-Federico Garcia Lorca
,
conchinhas ficam,
,
*

Patudos do Paúl disse...

Fernando
obrigado pelas palavras
Bom ano para ti

Maria
Lorca é Lorca para sempre
Bom ano amiga

Profeta
As tuas palavras carregadas de muito sentires. Maravilhosas como é habitual
Bom ano

Luisa Moreira
Obrigada pela sua presenta no meu Paúl dos Patudos sabe que será sempre bem vinda
Bom ano

Méon
obrigado pelas palavras meu amigo
O meu blog agora é da cor da nossa Alpiarça: verde e preto
Bom ano

poetaeusou
muito bonitas as suas palavras
Lorca é realmente para existir sempre. E as pedrinhas também
:))
Bom ano

Patudos do Paúl disse...

Fernando
obrigado pelas palavras
Bom ano para ti

Maria
Lorca é Lorca para sempre
Bom ano amiga

Profeta
As tuas palavras carregadas de muito sentires. Maravilhosas como é habitual
Bom ano

Luisa Moreira
Obrigada pela sua presenta no meu Paúl dos Patudos sabe que será sempre bem vinda
Bom ano

Méon
obrigado pelas palavras meu amigo
O meu blog agora é da cor da nossa Alpiarça: verde e preto
Bom ano

poetaeusou
muito bonitas as suas palavras
Lorca é realmente para existir sempre. E as pedrinhas também
:))
Bom ano